Publicado por: STRØNGM@N | 13 setembro, 2010

Robôs capazes de aprender com a experiência!

Graças ao projeto Xpero…

O objetivo desse projeto foi desenvolver um sistema cognitivo para um robô que lhe permita explorar o mundo à sua volta e aprender através da experimentação física, testando hipóteses logicamente.

O primeiro passo foi criar um algoritmo que permite que um robô explore e reconheça o ambiente a partir dos dados recebidos dos seus sensores.

Para que isto fosse possível, os pesquisadores tiveram que instalar um “conhecimento” predefinido no robô, na forma de noções básicas de lógica – ou seja, para ser capaz de aprender, o robô precisa “nascer” com um background que alimente seu processo cognitivo.

Mas robôs são máquinas controladas por computadores, e computadores são binários. Assim, no estágio atual, o robô apenas consegue entender as coisas como verdadeiras ou falsas – não há talvez. Mas, mesmo com essa limitação, o programa representou um avanço impressionante para os robôs.

Conforme se movimenta, o robô utiliza os dados dos seus sensores para testar seu conhecimento. Quando ele descobre como sendo falso algo que ele esperava que fosse verdadeiro, ele começa a fazer experiências para descobrir por que sua expectativa é falsa, e assim corrigir suas hipóteses.

Para saber mais clique aqui

Fonte: Inovação Tecnológica

See ya!!!

Anúncios

Responses

  1. Interessante! Ah mas que saudade da epoca em que nos acreditavamos em Zeus, Rá ou Odin, tudo era tao simples ^^

  2. O campo da IA ainda pode ser considerado algo recente no âmbito geral das pesquisas humanas, a despeito dos inúmeros avanços obtidos, especialmente nas últimas décadas. Ainda assim, estamos longe de emular totalmente a inteligência biológica, muito embora, creio eu, tenhamos alcançado com as redes neurais artificiais resultados bastante promissores. Quando a Computação Quântica for uma realidade disponibilizada para as investigações científicas, tenho esperança que uma das áreas que mais há de se beneficiar será justamente a IA.
    Uma visão mais humorada (embora não menos reflexiva) desta temática pode ser encontrada em:
    http://gatosepapos.blogspot.com/2011/03/humanamente-artificial.html

    Abraço!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: